sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Hortelã - Pimenta

                   Hortelã-pimenta
 
Os benefícios da planta que atua contra as más digestões
 
Esta planta oferece um óleo essencial (29 a 55% de mentol), com ação antibiótica, flavonoides, com ação relaxante sobre o trato gastrointestinal, e taninos com ação emoliente.
 
Atua nas más digestões e enfartamentos, tem uma ação antiespasmódica e elimina dores do estômago e intestino.
Ao nível da vesícula biliar, alivia os espasmos e aumenta a produção de bílis.
 
Num estudo italiano de 2007, realizado em 57 pacientes com síndrome do cólon irritável, 75% dos que utilizaram óleo de hortelã-pimenta reduziram em mais de 50% os sintomas desta patologia ao fim de 4 semanas. No grupo placebo, apenas 38% alcançaram este resultado.
 
O óleo de hortelã-pimenta (aplicado nas têmporas e zona frontal de 15 em 15 minutos) foi tão eficaz quanto o paracetamol (1000 mg) nas cefaleias de 41 pacientes, num estudo realizado na Universidade Christian-Albrechts, na Alemanha.
 
Outras indicações
 
A hortelã pimenta tem um efeito benéfico nos casos de síndroma do cólon irritável e doença de Crohn. Reduz o excesso de pelos (hirsutismo) em homens e mulheres, podendo ser conjugada, internamente, com a salva, anho casto ou alcaçuz, e com uma aplicação externa de calêndula.
 
Sob a forma de óleo essencial, utiliza-se: internamente, no tratamento de catarro pulmonar e inflamações na boca; e, externamente, em dores, distensões musculares, entorses e neuralgias, produzindo uma sensação de frio.
 
Administração
 
- Chá: As folhas são ingeridas sob a forma de infusão (uma saqueta para uma chávena).
 
- Óleo essencial: Deve ser administrado com seis a 12 gotas diluídas em água ou sumo, divididas por três tomas diárias.
 
Precauções
 
Utilizar sob vigilância de um especialista, em casos de litíase na vesícula biliar (pedras) e de refluxo gastro esofágico.
Nos homens, pode provocar uma diminuição da libido.
O óleo essencial não deve ser administrado em pacientes com epilepsia ou hipertensão.
 
Remédios caseiros
 
- Óleo para massagens: Coloque uma mão cheia de folhas bem esmaga­das de hortelã-pimenta fresca em 250 ml de azeite. Espere sete dias e aplique sobre as zonas afetadas.
 
Revisão científica: João Beles (naturopata, coordenador do curso de Naturopatia do Instituto de Medicina Tradicional de Lisboa)
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...