sábado, 18 de maio de 2013

Cacau

CACAU Theobroma cacao - Esterculiáceas - México

 



Árvore que atinge alturas variadas entre 4 a 10 metros, o cacaueiro possui folhas ovais e frutos amarelos, contendo algumas sementes. O cacaueiro produz frutos de 3 a 4 anos após o plantio.

Os múltiplos benefícios comprovados pela ciência

Planta originária da América Central, o cacau é consumido há milhares de anos e foi mesmo um dos alimentos sagrados para os Aztecas e para os Maias. Estas civilizações consideravam-no um alimento dos deuses.

As suas sementes estão na base do chocolate, nome que deriva da palavra chócolatl, o nome azteca ou cacauatl, o nome maia para o cacaueiro.

Uma meta-análise da Universidade de Adelaide, na Austrália, publicada em 2010 no BCM Medicine, demonstrou que o cacau reduz a pressão arterial. Esta investigação reuniu 15 estudos clínicos realizados em vários países. Um estudo da Johns Hopkins University (EUA), concluiu que o cacau, ao fim de uma semana de consumo, reduziu os níveis de colesterol LDL (- 6%) e aumentou o HDL (+ 9%) em 28 pacientes. A proteína C reativa e alguns marcadores de disfunção endotelial (zona interna das artérias) também reduziram, confirmando que o cacau é um grande protetor cardiovascular.

Princípios ativos

É composto por teobromina com várias ações benéficas. Reduz a tosse, é broncodilatador, tem uma ação tónica sobre o aparelho circulatório, é estimulante do miocárdio, vasodilatador e anticancerígeno. Este alcaloide existe também noutras plantas reconhecidas pelas suas propriedades tonificantes, tais como guaraná, chá verde, café ou erva mate.

Contém também triptofano, aminoácido regulador da síntese de serotonina, hormona que melhora o humor, reduz a ansiedade e o apetite e, como à noite se converte em melatonina, melhora o sono. Contém ainda cafeína, ativador cerebral e preventivo de doenças neurológicas como Parkinson e Alzheimer e pequenas quantidades de endorfinas, que também contribuem para o bem-estar associado ao cacaueiro.


Principais propriedades O cacau é relaxante do sistema nervoso, antidepressivo, inibidor do apetite e regulador do sono. É ainda ativador da função cerebral e afrodisíaco.

Outras propriedades

- Funciona como um tónico cardíaco e renal.

- É antioxidante.

- Aumenta a circulação nos vasos sanguíneos, mantendo a sua estabilidade, o que conduz a uma redução no risco de doenças cardiovasculares e de insuficiência venosa. Está indicado ainda no tratamento da tosse seca e asma.

Administração


São sempre utilizadas as sementes. No chocolate, deve dar-se preferência ao preto, com mais de 70% de cacau. A manteiga de cacau é também utilizada na alimentação.

Sugestões de remédios caseiros

Pequeno-almoço nutritivo
Coloque pepitas ou pequenos bocados de chocolate preto nos cereais do pequeno-almoço (aveia, milho, quinoa ou cereais integrais), evitando assim a utilização de açúcar.

Bolo de chocolate vegan
Esta receita não leva ovos nem manteiga. Junte 3 chávenas de chá de farinha de trigo integral, 1 chávena e meia de açúcar mascavado ou frutose, 1 chávena de cacau em pó, 1/2 chávena de óleo, 2 chávenas de leite de soja de baunilha. Bata tudo muito bem e leve ao forno a 180º C durante 40 minutos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...